Filipinas: simulação de atentado a bomba na estação central de Manila

A estação central de Manila estava forrada de corpos neste sábado para um exercício de simulação de atentado suicida, que contou com a participação de dezenas de pessoas.

AFP |

"Inúmeras pessoas, fingindo estarem feridas ou mortas, estavam estiradas nos trens e nos corredores da estação, manchadas de sangue falso", descreveram testemunhas oculares.

O exercício, destinado a testar a reatividade das equipes de socorro e segurança, também teve como meta reforçar a vigilância do público ante a ameaça terrorista, segundo comunicado das autoridades.

Este exercício foi realizado dois dias após um atentado que deixou dois mortos e 53 feridos num centro comercial do sul das Filipinas. Duas bombas explodiram com 15 minutos e intervalos nas revistas do centro de Iligan, uma cidade situada na costa norte da ilha de Mindanao.

O diretor da polícia, Leopoldo Bataoil, declarou no entanto que o exercício não estava diretamente ligado aos atentados de Iligan porque já havia sido agendado um mês atrás para "mostrar que as autoridades estão prontas para lidar com este tipo de incidentes.

As autoridades filipinas temem novos atentados no Natal, como os cometidos por extremistas no dia 30 de dezembro de 2000. Estes atentados deixaram 20 mortos e dezenas de feridos.

str/mm/hg/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG