Filipinas se preparam para chegada de novo tufão

Agências de reposta a desastres nas Filipinas estão preparando um plano de evacuação em antecipação à chegada de mais um tufão esta semana. A passagem de tufões nos últimos meses pelo país já deixou mais de 800 mortos.

BBC Brasil |

O tufão Lupit, que em filipino quer dizer "cruel", deve atingir o país em três dias com ventos de até 175 km/h. Segundo serviços de metereologia, o norte deve ser a região mais castigada.

O tufão pode atingir as Filipinas na quarta-feira ou mudar de rota e seguir para Taiwan. A capital Manila deve ser poupada.

As Filipinas ainda lutam para se recuperar dos estragos causados pela tempestade tropical Ketsana em setembro, que provocou as piores tempestades em Manila em 40 anos.

Logo depois, no início de outubro, o país foi atingido pelo tufão Parma, que causou deslizamentos de terra que mataram mais de 160 pessoas.

Cerca de 85 toneladas de arroz, sardinhas enlatadas, macarrão, cobertores e telas de proteção contra insetos estão sendo enviadas para região norte do país.

Segundo autoridades, soldados filipinos e helicópteros da ONU se preparam para possíveis operações de resgate pelo ar.

Durante uma reunião de emergência neste domingo, prefeitos de cidades na região ameaçada foram autorizados a evacuar moradores de locais que podem ser atingidos por deslizamentos de terra.

A polícia pediu autorização para ir de casa em casa pedir aos moradores que deixem seus domicílios antes da chegada do tufão.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG