Por Raju Gopalakrishnan MANILA (Reuters) - Autoridades filipinas se preparam nesta terça-feira para outra tempestade enquanto a contagem de mortos das chuvas e inundações do tufão do fim de semana, agora rumo ao Vietnã, sobe para 240.

Meteorologistas afirmaram que uma nova tempestade se formando no Oceano Pacífico deve entrar em águas filipinas na quinta-feira e se aproximar um pouco depois do norte da ilha de Luzon, igual ao tufão Ketsana de sábado.

O Ketsana gerou mais chuvas em 24 horas do que o esperado para o mês em Manila e áreas próximas. Cerca de 80 por cento da cidade de 15 milhões de habitantes ficou inundada.

Autoridades estimam que os danos da tempestade somam até o momento 50 milhões de dólares. Mais de 1,8 milhão de pessoas foram prejudicadas e 375 mil abandonaram suas casas e se refugiaram em abrigos.

A contagem de mortos pode subir já que há mais informações chegando de áreas mais remotas. A tempestade atingiu a região metropolitana de Manila e 12 províncias.

"Em relação aos mortos, o aumento não será grande, mas os números de danos podem aumentar", afirmou o secretário de Defesa Gilbert Teodoro nesta terça-feira.

O Ketsana deve se aproximar da região central do Vietná no fim desta terça-feira, e as autoridades ordenaram a retirada de pelo menos 170 mil pessoas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.