Filipinas recupera parte do dinheiro roubado pela ditadura de Marcos

O governo das Filipinas recuperou pelo menos 90 bilhões de pesos (1,83 bilhão de dólares) roubados pelo deposto ditador Ferdinand Marcos, sua família e aliados.

AFP |

Narciso Nario, membro da Comissão Presidencial de Boa Governança (PCGG), rebateu assim as acusações de que o organismo não faz seu trabalho.

O PCGG foi criado em 1986, depois da revolta popular que acabou com a ditadura.

Ferdinand Marcos, que morreu no exílio, governou o país entre 1965 e 1986, a maior parte do tempo sob a lei marcial.

Ninguém sabe exatamente quanto dinheiro o regime ditatorial roubou, mas as estimativas vão de cinco a 10 bilhões de dólares.

str/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG