Filipinas estão negociando resgate de 89 pessoas retidas na Somália

Manila, 12 nov (EFE).- O Governo das Filipinas disse hoje que estão sendo realizadas negociações para conseguir a libertação de 89 filipinos que permanecem seqüestrados por piratas na Somália, entre eles os 23 membros de um cargueiro da nação asiática.

EFE |

O ministro da Presidência filipina, Eduardo Ermida, disse, em seu encontro semanal com os meios de comunicação, que o normal nestes casos é que as empresas e proprietários dos navios negociem o resgate.

"Temos esperança de que as negociações das barqueiras saiam bem e possamos garantir a libertação dos 89 marinheiros filipinos seqüestrados", disse Ermida.

O acompanhamento das negociações e a libertação dos cidadãos são feitos pelas Filipinas de sua embaixada na Nigéria, sua sede diplomática mais próxima à Somália, segundo Ermida.

Na segunda-feira passada, uma embarcação que transportava uma carga de produtos químicos sob bandeira filipina e com uma tripulação de 23 filipinos foi capturado por piratas da Somália em águas do Golfo de Áden. EFE zm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG