Filipinas enviarão equipe médica para ajudar desabrigados na China

Manila, 13 mai (EFE).- O Governo das Filipinas anunciou hoje que enviará uma equipe médica para ajudar nas tarefas de assistência das vítimas do devastador terremoto no sudoeste da China, que deixou pelo menos 10 mil mortos.

EFE |

O porta-voz do Executivo filipino, Anthony Golez, indicou em comunicado que a presidente do país, Gloria Macapagal Arroyo, deu instruções para que as Forças Armadas e o Departamento de Saúde coordenem a formação de uma equipe de 12 ou 15 pessoas que partirá imediatamente para a zona do desastre.

Golez acrescentou que a equipe médica levará ainda remédios, alimentos e roupa para socorrer as vítimas.

As autoridades de União Européia (UE), Japão e outros países expressaram suas condolências e ofereceram o envio de equipes de resgate ao local do epicentro, onde há 1.300 tropas do Exército chinês para os trabalhos de salvamento.

Os soldados começaram a recuperar os corpos de alguns dos 900 adolescentes soterrados entre as ruínas do colégio que caiu por causa do terremoto.

O tremor de 7,8 graus na escala aberta de Richter aconteceu na segunda-feira, às 14h28 (hora local), na populosa província de Sichuan. EFE grc/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG