Filipinas dissolvem comissão que negociava paz com muçulmanos

Manila, 3 ago (EFE).- O Governo das Filipinas dissolveu hoje a comissão de paz que negociava com a Frente Moro de Libertação Islâmica (FMLI), após semanas de enfrentamentos na região de Mindanao, no sul do país.

EFE |

O presidente do Escritório da Assessoria Presidencial para o Processo de Paz (OPAPP), Hermogenes Esperon, assinalou que este novo movimento por parte do Executivo se deve à "falta de sinceridade" do grupo rebelde.

Esperon criticou o FMLI por não ter entregado ainda os comandantes Ameril Umbra Kato e Abdullah Macapaar, líderes das facções que perpetraram os principais ataques nas províncias de Cotabato do Norte e Lanao del Norte.

Apesar desta medida, Esperon assinalou que o processo de paz continua vigente e que será reforçado em Mindanao, onde as taxas de pobreza estão entre as mais altas do país. EFE prl/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG