Manila, 10 dez (EFE).- As Filipinas confirmaram hoje a libertação de 17 marinheiros filipinos seqüestrados por piratas na Somália no dia 21 de setembro.

O grupo de marinheiros faz parte da tripulação do navio-tanque grego "Captain Stefanos", que transporta uma carga de produtos químicos.

O subsecretário para Assuntos dos Trabalhadores Emigrantes do Departamento de Assuntos Exteriores filipino, Esteban Conejos, indicou em comunicado que "todos se encontram em bom estado de saúde".

Conejos assinalou que o "Captain Stefanos", que contava com uma tripulação de 19 pessoas, foi libertado na segunda-feira passada e navega atualmente rumo à Itália.

Até o momento, 91 marinheiros filipinos seguem em poder de piratas na Somália. EFE zm/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.