Tamanho do texto

Três filhotes de tigre nascidos em um zoológico no norte do Japão nasceram com graves problemas nas pernas traseiras. Abandonados pela mãe, eles sobreviveram graças à dedicação dos tratadores, que fazem sessões de fisioterapia nos filhotes.

Taiga, Koko e o irmão ainda sem nome não se mexiam quando nasceram e logo foram abandonados.

Mas os tratadores deram banhos de água quente nos recém-nascidos e salvaram suas vidas, mas acabaram descobrindo que eles tinham graves problemas nas patas, principalmente nas traseiras.

Com muita massagem e fisioterapia, os pequenos tigres aprenderam a andar. Até o momento, os felinos têm se desenvolvido normalmente, apesar da doença com que nasceram, chamada de hipocondroplasia, que prejudica a formação dos ligamentos.

Tigres adultos chegam a pesar 300 quilos, e especialistas ainda não sabem se as pernas de Taiga e Koko vão suportar tanto peso.