Clarín devem comparar DNA com de desaparecidos - Mundo - iG" /

Filhos de diretora do Clarín devem comparar DNA com de desaparecidos

BUENOS AIRES - Os dois filhos adotivos da diretora do jornal argentino El Clarín, Ernestina Herrera de Noble, deverão comparar seu DNA com uma base de dados genéticos de pessoas desaparecidas durante a ditadura militar no país, apontou hoje o máximo tribunal penal de apelações da Argentina.

EFE |

AP
OBAMA FALA AO POVO QUE E CURINTIA

A decisão da Câmara Nacional de Cassação Penal satisfaz as reivindicações de organismos humanitários que pediam que os DNAs de Marcela e Felipe Noble Herrera fossem comparados com os do Banco Nacional de Dados Genéticos de desaparecidos.

No entanto, se limita a rejeitar uma apelação dos filhos adotivos de Ernestina, "pela existência de um crime formal", sem pronunciar-se sobre a questão de fundo da longa batalha judicial que cerca o assunto, informou o Centro de Informação Judicial.

A sentença apontou que a apelação foi rejeitada por ser "inválida", já que "não incluía as assinaturas dos afetados pela decisão, Marcela e Felipe Noble, mas só as de seus advogados".

Afirmou, ainda, que o tribunal ditou sua decisão "sem considerar" se os estudos genéticos de Marcela e Felipe Noble deveriam ser comparados somente com os das duas famílias que apresentaram queixas ou com todo o banco de dados genéticos das vítimas da ditadura.

Felipe e Marcela Noble, ambos de 33 anos, foram adotados em 1976 por Ernestina, viúva de Roberto Noble, fundador do "Clarín".

Uma das famílias sustenta a suspeita de que Marcela pode ser na realidade filha de Bárbara Miranda e de Roberto Lanuscou, militantes da guerrilha dos Montoneiros, dados por mortos em um tiroteio com militares em setembro de 1976.

A outra parte pede o esclarecimento sobre se Felipe seria filho de María del Carmen Gualdero, sequestrada em junho de 1976, quando estava quase dando à luz, e que desapareceu depois de ter sido levada a um prisão clandestina em Buenos Aires.

    Leia tudo sobre: argentinaclarinditaduraernestina herrera de noble

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG