Filho propõe troca por mamãe sequestrada pelas Farc

Bogotá, 22 abr (EFE).- O médico colombiano Mauricio Otero propôs às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) ser trocado por sua mãe, sequestrada pela guerrilha na segunda-feira passada no povoado de Tierralta, no departamento de Córdoba (norte).

EFE |

O pedido foi realizado no telejornal "Caracol Noticias", argumentando que sua mãe, Ana Avilez, sofre vários problemas de saúde, entre eles coronários e osteoporose.

"Rogo que, por favor, façamos uma troca. Eu sou um homem, deixem que ela saia, eu posso ser trocado por ela, por favor, eu os imploro", disse Otero, que lembrou que "ela deve tomar medicamentos diariamente".

Na segunda-feira passada, um grupo de homens aparentemente das Farc, invadiu um sítio e sequestrou o casal Fabio Leomar Otero Paternina e Ana Avilez Cordero.

A pressão do Exército colombiano forçou os rebeldes a libertar Fabio Otero, um político da região. No entanto, sua mulher, de 50 anos, continua em poder dos guerrilheiros. EFE ocm/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG