Filho de Sarkozy é absolvido em julgamento de acidente de trânsito

Um dos filhos do presidente francês, Jean Sarkozy, foi absolvido nesta segunda-feira no processo em que é acusado por um motorista de ter fugido após um acidente de carro, em 2005.

AFP |

O tribunal de Paris concluiu que Jean Sarkozy, de 21 anos, "não é culpado dos atos a ele atribuídos", e condenou o motorista que o acusava, condenando-o a pagar 2.000 euros de indenização por "procedimento abusivo".

Dois peritos concluíram, a partir dos danos verificados nos dois veículos - a moto de Jean e o carro de Mohamed Bellouti, de 37 anos - que o acidente não poderia ter ocorrido, pelo menos não nas condições descritas pelo querelante.

Bellouti acusou Jean de ter batido com sua scooter contra a parte traseira de seu automóvel no dia 14 de outubro de 2005, e de ter fugido em seguida.

No dia do acidente, o motorista anotou o número da placa da scooter, e afirma que só descobriu que seu condutor era filho do presidente francês depois do início do processo.

Jean, estudante de Direito, é filho da primeira mulher de Nicolas Sarkozy. Ele começou a precoce carreira política em Neuilly sur Seine, elegante cidade residencial na periferia a oeste de Paris, da qual seu pai foi prefeito por um longo período.

dom/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG