Filho de opositor nega fuga da capital do Irã

Dois dos principais líderes da oposição iraniana, Mir Hossein Mousavi e Mehdi Karroubi, não deixaram a capital Teerã, ao contrário do que informou a agência de notícias estatal do país IRNA, disse nesta quarta-feira o filho de Karroubi, Hossein Karroubi. Meu pai e Mousavi estão em Teerã, e a informação da IRNA não tem fundamento.

BBC Brasil |

Eles ainda defendem os interesses do povo", disse Hossein Karroubi.

Pouco antes a IRNA havia divulgado que "dois dos chefes do levante deixaram Teerã rumo ao norte do Irã após saberem que a população está cada vez mais irritada e exigindo que sejam punidos".

Também na quarta-feira o site oposicionista Rahesabz disse que "membros da Guarda Revolucionária e do serviço secreto levaram Mousavi e Karroubi à cidade de Kelar Abad para protegê-los da revolta popular".

Em várias cidades do país, o dia foi marcado por manifestações pró-governo que atraíram milhares de pessoas, segundo a imprensa do país.

Ahmadinejad
Mousavi e Karroubi concorreram às eleições presidenciais de junho, marcadas por acusações de fraude contra o governo e que foram o estopim de grandes protestos populares.

Ambos tiveram papéis importantes na Revolução Islâmica de 1979 e são considerados políticos mais moderados do que os atuais dirigentes iranianos.

Mousavi foi primeiro-ministro do Irã entre 1981 até a extinção do cargo em 1989. Nas eleições de junho, ficou em segundo lugar, atrás do presidente reeleito, Mahmoud Ahmadinejad.

Karroubi foi presidente do Parlamento do país.

Também nesta quarta-feira, Ahmadinejad disse nesta quarta-feira que as recentes manifestações organizadas pela oposição "não mudariam a mentalidade do país".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG