Filho de Mladic diz que pai está muito doente para ir a julgamento

Ex-comandante servo-bósnio é acusado de genocídio e crimes contra a humanidade

AFP |

O chefe militar dos sérvios da Bósnia, Ratko Mladic , está muito doente e necessita de tratamento médico antes que comecem os preparativos para seu julgamento ante o Tribunal Penal Internacional para a antiga Iugoslávia (TPII), declarou neste sábado seu filho Darko Mladic.

"Creio que é evidente que seu estado de saúde é muito ruim. É evidente também que ele já fez muitos esforços para comparecer ante o tribunal", disse Darko à TV pública da Entidade dos Sérvios na Bósnia (RTRS). "Ele precisa antes de tudo recuperar-se e de cuidados, para só então ir a julgamento", concluiu.

Mladic, de 69 anos, acusado - entre outros crimes - de genocídio e crimes contra a humanidade, compareceu na sexta-feira pela primeira vez ao TPII, em Haia, onde alegou ter "defendido seu país".

O militar compareceu ao tibunal sentado, visivelmente envelhecido e mais magro e disse estar "extremamente enfermo". Mladic foi preso em 26 de maio passado na Sérvia após permanecer foragido por 16 anos.

    Leia tudo sobre: BósniaSérviaMladicRatko Mladicgenocídio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG