Filho de ministro da Saúde do Chile é detido por vender maconha

Santiago do Chile, 16 fev (EFE).- Um filho do ministro da Saúde do Chile, Álvaro Erazo, foi detido no município de Panguipulli (sul), após ser descoberto vendendo uma pequena quantidade de maconha, informaram hoje fontes da Polícia.

EFE |

Joaquín Erazo Espinoza, de 24 anos, será acusado de microtráfico pela Justiça de Panguipulli, cerca de 800 quilômetros ao sul de Santiago, informou a Carabineiros (Polícia militarizada).

O jovem já tem passagem pela Polícia, uma vez que há dois anos foi condenado a 540 dias de prisão por ter agredido outro homem na saída de uma festa.

Na ocasião, a vítima, identificada como Juan Pablo Carrasco, foi internada em estado de coma depois que Joaquín Erazo atacou-a com um pedaço de madeira.

"Ser filho de ministro não significa que esteja fora do alcance da lei", declarou o porta-voz do Governo, Francisco Vidal, que acrescentou: "Se estamos diante de uma acusação, é preciso prová-la; deixemos que as coisas funcionem". EFE mc/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG