Filho de Joe Biden, vice de Obama, parte para servir no Iraque

Por Thomas Ferraro DOVER, Estados Unidos (Reuters) - O candidato democrata a vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, despediu-se na sexta-feira de 112 cidadãos soldados que embarcam para o Iraque --entre eles o filho dele.

Reuters |

Na ocasião, ele declarou aos soldados: "obrigado por responderem ao chamado do nosso país".

"Deus abençoe vocês e que ele os proteja", disse Biden um dia depois do debate com a concorrente republicana, Sarah Palin, cujo filho de 20 anos foi ao Iraque no mês passado.

Em breves comentários na cerimônia de despedida, ao lado do palácio do governo de Delaware, Biden não mencionou o debate com Palin.

Mas Tom Carper, que, assim como Biden, é senador por Delaware, pediu aplausos da platéia de dez mil pessoas quando disse que a performance de Biden os deixou orgulhosos.

Biden e Palin se enfrentaram em várias questões, incluindo a guerra no Iraque. Biden reiterou a proposta do candidato democrata à Presidência, Barack Obama, defendendo a retirada das tropas norte-americanas do pai;s em 16 meses.

Já Palin classificou tal medida como uma "bandeira branca de capitulação".

Biden não mencionou as críticas a impopular guerra em seus comentários na sexta-feira, preferindo elogiar as tropas que partiam e dar apoio às suas famílias.

"Nós nos consolamos ao saber... que vocês formam o grupo mais bem preparado de cidadãos soldados que este país e este Estado já mandaram à guerra", disse Biden.

Seu filho, Joseph "Beau" Biden III, 39, é capitão da 261a brigada de sinais do Exército da Guarda Nacional de Delaware. Casado e com dois filhos, ele também é procurador-geral de Delaware, o promotor-chefe público indicado pelo Estado.

Os membros de sua unidade ficarão no Iraque por um ano.

A guarda não contou quais tarefas serão desempenhadas pelos soldados que estão partindo, mas outros em posições similares à do filho de Biden foram promotores do Exército, ajudando a reforçar a lei militar.

A campanha de Biden disse que ele compareceu à cerimônia como pai e senador, não como candidato. Para provar isso, Biden não discutiu política no evento. Mesmo assim, foi seguido por jornalistas, assim como agentes do serviço secreto que fizeram a sua segurança.

No mês passado, em Fort Wainwright, Alasca, Palin se despediu de 4 mil soldados que iam ao Iraque, incluindo seu filho Track, e disse a eles que a vitória está à vista.

"É inevitável, sentiremos a falta de vocês", disse ela.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG