Filho de Bin Laden pede paz no fim do Ramadã

Omar, filho de Osama Bin Laden, terminou seu jejum do Ramadã nesta quinta-feira ao pé das pirâmides e com um apelo à paz, no dia do aniversário dos atentados de 11 de setembro de 2001, reivindicados por seu pai.

AFP |

Momentos antes do por do sol, Omar, 27 anos, e sua esposa, a inglesa Zaina, 52, chegaram às pirâmides para organizar este simbólico "iftar", a refeição noturna que acaba com o jejum do mês sagrado dos muçulmanos.

Um grupo de jornalistas convidado a sua tenda beduína ouviu Omar, quarto filho do primeiro casamento e um dos 19 filhos de Bin Laden, realizar um apelo "pela paz universal".

Morador do Cairo, como seu tio Khaled, irmão mais novo do líder da rede terrorista Al-Qaeda, Omar afirma que não tem notícias de Osama Bin Laden desde 2000, um ano antes do 11 de Setembro.

an/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG