Filhas de Obama visitam possíveis escolas perto da Casa Branca

Washington, 18 nov (EFE) - Malia e Sasha, as duas filhas do presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, visitaram hoje aqueles que serão seus quartos na Casa Branca, assim como algumas possíveis escolas em Washington. Katie McCormick Lelyveld, porta-voz da futura primeira-dama, Michelle Obama, explicou que a mãe e a avó das meninas, Marian Robinson, as acompanharam. A visita, realizada a convite da atual primeira-dama, Laura Bush, teve caráter estritamente privado, e jornalistas ou fotógrafos não tiveram presentes, detalhou a porta-voz. A primeira-dama convidou amavelmente a senhora Obama, a mãe e as meninas para visitar o que será seu novo lar. Naturalmente, a senhora Obama agradeceu enormemente este convite para dar uma oportunidade a que as meninas se sintam em casa e confortáveis neste processo de transição, acrescentou McCormick Lelyveld.

EFE |

Antes, Michelle Obama e suas filhas tinham visitado algumas escolas nas quais Sasha, de sete anos, e Malia, de dez, poderiam se matricular quando a família se mudar para a Casa Branca em 20 de janeiro.

A porta-voz não identificou os colégios visitados e se limitou a indicar que Michelle Obama "levou as meninas a ver opções para sua futura escola e garantir que escolham a mais apropriada".

Michelle Obama visitou, sem as meninas, na semana passada, dois seletos centros educacionais de Washington: Sidwell Friends, onde Chelsea Clinton, a filha do ex-presidente Bill Clinton, estudou, e a Georgetown Day School. EFE mv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG