Filha de Maradona se recusa a fazer teste do bafômetro

A atriz Dalma Maradona, filha do ex-craque e técnico da seleção argentina de futebol, Diego Maradona, se recusou a realizar o teste do bafômetro, nesta segunda-feira, quando fiscais do trânsito pararam seu carro no balneário argentino de Mar del Plata, a cerca de 400 quilômetros do centro de Buenos Aires. Dalma, de acordo com a imprensa local, aceitou a primeira das duas etapas do teste, mas ao ver que o exame deu positivo se recusou realizar a segunda etapa do exame.

BBC Brasil |

Ela teria argumentado que tinha tomado um copo de cerveja, mas somente este segundo exame confirmaria a quantidade de bebida alcoólica que teria consumido.

Os fiscais de trânsito da cidade de Mar del Plata pediram, então, que ela e seus amigos saíssem do carro, um Citroën C3 preto, e apreenderam o automóvel e a carteira de motorista da atriz.

Para recuperar o carro, ela deverá pagar uma multa de pelo menos 1,5 mil pesos (cerca de US$ 440), além de passar um mês sem dirigir.

Ela deverá apresentar-se à justiça local nesta terça-feira para pagar a multa e explicar por que se recusou ao teste do bafômetro.

Filhas
Dalma, de 21 anos, integra o elenco da peça "Taxi 2", que está em cartaz em um teatro de Mar del Plata.

Filha mais velha de Maradona, Dalma costuma ser apresentada pela imprensa local como uma jovem "madura", que gosta de moda e que buscou vôo solo como atriz.

Quando o pai esteve entre a vida e a morte, internado em uma clínica de Buenos Aires, em 2004, ela comoveu os argentinos ao chorar diante das câmeras de televisão em uma entrevista a um programa local.

A outra filha de Maradona, Giannina está grávida do namorado, o atacante do Atlético de Madrid, Sérgio Agüero.

Recentemente, Dalma gravou um programa especial sobre o clube preferido de Maradona no país, o Boca Juniors. Ela e a irmã são torcedoras do mesmo clube de Maradona.

Incêndio
Atualmente, o técnico da seleção argentina mora, segundo a imprensa local, com a namorada, Veronica Ojeda, e está visivelmente mais magro - em comparação ao período em que acabou internado por excesso de peso e dependência química, como ele reconheceu, na ocasião.

O ex-craque não pára de ser notícia no país, principalmente depois de ter sido confirmado, no fim do ano passado, como novo técnico da seleção argentina de futebol.

Ainda nesta segunda-feira, as edições online dos jornais argentinos informaram que o ex-craque teria provocado um falso alarme de incêndio em um hotel de Manchester, na Inglaterra, por estar fumando um charuto, o que era proibido no local.

O falso alarme fez com os hóspedes fossem evacuados do hotel.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG