Filha de Elisabeth Fritzl encontra a mãe e irmãos após sair do coma induzido

Amstetten, Áustria - Kerstin, a mais velha dos filhos gerados após os contínuos abusos sexuais de Josef Fritzl contra a filha Elisabeth, se reuniu no domingo com a mãe e os irmãos, após sair do coma induzido.

EFE |

AFP
Internação de Kerstin foi o que levou à prisão de Fritzl
Internação de Kerstin foi o que levou à prisão de Fritzl
Essa informação foi confirmada hoje por Albert Reiter, diretor da equipe médica que atendeu a jovem de 19 anos, submetida ao coma após ser internada, em 19 de abril, o que trouxe à tona o caso de seqüestro e abuso.

Segundo Reiter, em 15 de maio, Kerstin abriu os olhos pela primeira vez e mostrou reações emocionais.

A partir daquele momento, os médicos permitiram as visitas da mãe, o que foi essencial para a recuperação da jovem, segundo o médico.

Reiter disse que, graças à aplicação de técnicas modernas de medicina intensiva, como o coma induzido, Kerstin conseguiu se recuperar do quadro clínico de falha múltipla dos órgãos vitais.

Leia também:

Leia mais sobre: seqüestro

    Leia tudo sobre: seqüestro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG