Filha de Bhutto faz rap para homenagear mãe assassinada

A filha mais velha da ex-primeira-ministra do Paquistão, Benazir Bhutto, compôs um rap em homenagem à mãe, assassinada em dezembro de 2007 em um atentado na cidade paquistanesa de Rawalpindi. Na música I Would Take the Pain Away, Bakhtawar Bhutto, de 18 anos, diz: Minha mãe foi morta.

BBC Brasil |

Eu nem entendo. Valia à pena ter morrido por isso?"
Anunciando que esta é uma mensagem direta à mãe, Bakhtawar canta: "Você tem beleza e inteligência, tudo o que fez tem relevância."
"Baleada atrás da orelha tão jovem, em seu 54º ano, assassinada, deixou para trás três filhos, uma nação desesperançada sem você. Você está em todos os corações."
A música foi apresentada na TV estatal paquistanesa e um videoclipe foi colocado no website YouTube. Ele tem a duração de cinco minutos e inclui fotos e vídeos de Benazir Bhutto.

Bhutto foi assassinada em plena campanha eleitoral paquistanesa, em um ataque suicida com tiros e uma bomba. O então presidente, Pervez Musharraf, responsabilizou militantes islâmicos pelo atentado.

O viúvo de Bhutto e pai de Bakhtawar, Asif Ali Zardari, assumiu a Presidência do Paquistão em setembro de 2008.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG