violação cínica dos direitos da imprensa - Mundo - iG" /

FIJ acusa Israel de violação cínica dos direitos da imprensa

Bruxelas, 7 jan (EFE).- A Federação Internacional de Jornalistas (IFJ) acusou Israel de cometer violações cínicas dos direitos da imprensa, em um comunicado divulgado na última noite.

EFE |

"Israel está atentando contra a imprensa palestina e impede aos jornalistas estrangeiros entrar em Gaza para informar sobre o conflito", diz o comunicado.

O secretário-geral da FIJ, Aidan White, assegurou ter recebido relatórios que denunciam o abuso dos soldados israelenses à imprensa que se encontra na Faixa e o controle dos que tentam entrar.

Embora um tribunal israelense tenha ordenado ontem interromper o bloqueio, o acesso à região é ainda difícil e controlado pelo Exército, que intimida jornalistas que conseguem entrar.

Segundo a federação, forças israelenses atacaram em Gaza veículos sinalizados com distintivos de "imprensa" e "televisão" e um câmera ficou ferido.

O sindicato dos jornalistas palestinos também expressou sua preocupação com os relatórios sobre a detenção, pelo Exército israelense, de um repórter da cadeia "Alalam", assim como pelo "claro" ataque a veículos da televisão "Al-Aqsa". EFE mrn/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG