Havana, 7 abr (EFE).- O ex-presidente cubano Fidel Castro recebeu hoje três dos sete congressistas democratas dos Estados Unidos que visitam Cuba há cinco dias, informaram à Agência Efe fontes do Escritório de Interesses americanos em Havana.

Os legisladores conheciam a Escola Latino-Americana de Medicina, na capital cubana, quando foram convidados por Fidel para um encontro, disseram as fontes.

Os nomes dos congressistas que se reuniram com o ex-presidente cubano não foram divulgados. Também não foram dados detalhes da duração do encontro nem dos assuntos abordados por Fidel e os legisladores.

No entanto, as fontes acham que um deles é a californiana Barbara Lee, líder da missão que voltou hoje para os EUA, e que "é possível que, em breve, o próprio Fidel revele detalhes da reunião num de seus artigos".

Ontem, os congressistas foram recebidos pelo chefe de Estado cubano, general Raúl Castro, e por autoridades como o presidente do Parlamento, Ricardo Alarcón, e o ministro das Relações Exteriores, Bruno Rodríguez.

Raúl conversou com os congressistas por quatro horas e meia.

Nesse período, mostrou-se "disposto a dialogar sobre qualquer assunto" com os EUA, segundo um comunicado divulgado hoje pela imprena cubana.

A nota diz que o líder reiterou a posição "inváriavel" mantida por Cuba "durante 50 anos" em relação à "disposição" do país de "dialogar sobre qualquer assunto, tendo como única premissa a igualdade soberana entre os Estados e o absoluto respeito à independência nacional e ao direito (...) à determinação". EFE arj/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.