Manágua, 27 ago (EFE).- O líder cubano, Fidel Castro, manteve hoje uma rápida conversa telefônica com o presidente nicaraguense, Daniel Ortega, durante uma formatura de médicos nicaraguenses em Manágua, transmitido pela televisão aliada ao Governo.

Quase no meio do ato público, Ortega anunciou que Fidel estava ligando para felicitar os novos médicos nicaraguenses que fizeram serviço social no Caribe cubano, após se graduar na Escola Latino-Americana de Cuba, mas na primeira vez a chamada caiu.

Em uma segunda tentativa, a ligação, que durou dez minutos, melhorou e foi possível ouvir claramente a voz de Fidel Castro, que expressou sua alegria pela nova força médica da Nicarágua.

Fidel quis saber quantos jovens nicaraguenses estudam medicina em Cuba e pediu a Ortega que os professores cubanos que se encontram na Nicarágua informassem sobre os trabalhos genéticos que são realizados na ilha caribenha.

Em outro momento, o líder cubano perguntou como caminha o programa para atender cerca de 37 mil mutilados de guerra que precisam de próteses e outros atendimentos médicos.

A ligação vem a público depois que, no domingo, a televisão cubana mostrou o primeiro vídeo do ex-presidente cubano em 14 meses, feitas durante um encontro com jovens venezuelanos. EFE fm/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.