Fidel faz discurso em homenagem a Comitês de Defesa da Revolução

Cubano disse que os Estados Unidos levarão o mundo à beira da "hecatombe nuclear" se atacarem o Irã

France Presse |

O líder cubano Fidel Castro pronunciou nesta terça-feira um discurso durante o ato público de comemoração do 50º aniversário dos Comitês de Defesa da Revolução (CDR), comitês de bairro que fundou para vigiar e defender a revolução.

AP
Fidel Castro antes de discursa em cerimônia do 50º aniversário do Comitê de Defesa da Revolução, em Havana

Perante cerca de 20 mil pessoas, o líder comunista citou trechos de seu discurso na ocasião em que fundou "um sistema de vigilância coletiva revolucionária". "Não hesito em proclamar que cumprimos e vocês continuarão a cumprir com a promessa daquela noite eterna", afirmou Fidel, ao concluir sua intervenção de quase duas horas, entre ovações dos membros dos CDR.

O líder máximo da revolução compareceu ao festejo acompanhado por sua esposa Dalia Soto del Valle, o vice-presidente José Ramón Machado e outros altos dirigentes do governo, mas seu irmão, o presidente Raúl Castro, não compareceu.

Durante o ato, transmitido para toda a ilha, Fidel disse que os Estados Unidos levarão o mundo à beira da "hecatombe nuclear" se atacarem o Irã, e criticou o capitalismo por não ter "moral, decência ou ética".
Sua intervenção desta terça, na qual leu por uma hora e meia e improvisou por 30 minutos, foi a segunda em um ato de grande participação popular ao ar livre desde que reapareceu em julho.

A cerimônia foi realizada em frente ao Museu da Revolução, antigo Palácio Presidencial, onde, em 28 de setembro de 1960, Fidel anunciou a criação dos CDR, em um momento em que o país era abalado por atentados, depois de sua chegada ao poder em 1º de janeiro de 1959.

Considerados os "olhos e os ouvidos da revolução", os CDR são a maior organização de massas da ilha comunista e estão integrados por 8,4 milhões de cubanos maiores de 14 anos, de uma população de 11,2 milhões.

    Leia tudo sobre: cubafidelcdrdiscursofidel castro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG