positivas mas mínimas - Mundo - iG" /

Fidel diz que medidas de Obama são positivas mas mínimas

HAVANA (Reuters) - O ex-presidente cubano Fidel Castro disse em um texto publicado nesta terça-feira que a decisão do presidente norte-americano, Barack Obama, de liberar as viagens de cubanos-americanos à ilha é uma medida positiva mas mínima. Fidel, afastado do poder desde que adoeceu há quase três anos, lamentou em outro texto publicado na noite de segunda-feira que o presidente norte-americano tenha deixado intacto o embargo comercial de 47 anos contra Cuba.

Reuters |

"A medida de aliviar as restrições às viagens em si é positiva, embora mínima", escreveu o líder de 82 anos em texto publicado em um site oficial e lido duas vezes no noticiário da televisão estatal.

Os dois textos que Fidel Castro divulgou nas últimas 24 horas são, até agora, a única reação em Cuba às medidas norte-americanas. Seu irmão, o presidente Raúl Castro, ainda não comentou a decisão.

Obama suspendeu na segunda-feira todas as restrições às viagens familiares de cubanos-americanos à ilha, liberando também o envio de remessas e autorizando empresas de telecomunicações a operarem em Cuba.

"Do bloqueio, que é a mais cruel das medidas, não se disse nenhuma palavra", disse Fidel no texto divulgado na noite de segunda-feira e publicado nesta terça-feira pelos jornais estatais.

As medidas de Obama marcam uma mudança radical a respeito da política de confrontação do presidente anterior, George W. Bush.

(Reportagem de Rosa Tania Valdés)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG