O líder cubano Fidel Castro publicou um artigo neste sábado afirmando que a prisão, nos Estados Unidos, de um casal acusado de fazer espionagem para Cuba é uma historinha ridícula.

"Não parece a vocês todos bem ridícula a historinha da espionagem cubana?", indaga Fidel, de 82 anos, no site Cubadebate, referindo-se à prisão de Walter Kendall Myers, ex-funcionário do Departamento de Estado, e de sua mulher, Gwendolyn Steingraber Myers.

Os Myers foram detidos na quinta-feira pelo FBI e compareceram nesta sexta-feira perante a justiça americana, acusados de conspiração a favor de um governo estrangeiro, espionagem e fraude.

Cada um pode ser condenado a até 35 anos de prisão.

Fidel diz ainda que "o confronto com os Estados Unidos é ideológico, e nada tem a ver com a segurança do país".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.