Fidel discursa na Assembleia Nacional cubana após 4 anos de ausência

Ex-presidente cubano se apresentou vestido com um uniforme e acompanhado de seu irmão, Raúl Castro

EFE |

O ex-presidente cubano Fidel Castro discursou neste sábado pela primeira vez desde que deixou o poder, há quatro anos, em uma sessão da Assembleia Nacional, na qual se apresentou vestido com um uniforme e acompanhado de seu irmão e governante de Cuba, Raúl Castro.

ASSOCIATED PRESS/Franklin Reyes
Fidel, durante discurso na Assembleia Nacional
Fidel foi ovacionado pelos deputados ao chegar para a reunião extraordinária do Parlamento que ele mesmo solicitou para analisar temas do panorama internacional.

De pé, o líder cubano leu sua "mensagem à Assembleia Nacional", em discurso que durou pouco mais de dez minutos e durante o qual voltou a alertar sobre os perigos de uma guerra nuclear.

Fidel ressaltou em que a decisão de iniciar ou não uma guerra com o Irã está nas mãos do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e afirmou que "a conflagração explodiria simultaneamente no Oriente e em toda a Eurásia".

Fidel Castro não comparecia a uma reunião da Assembleia desde 2006, quando adoeceu e delegou a Presidência cubana para seu irmão Raúl, que assumiu oficialmente o cargo em fevereiro de 2008.

Perto de completar 84 anos no próximo dia 13, o ex-presidente cubano retornou à vida pública do país há exatamente um mês, quando visitou o Centro Nacional de Pesquisas Científicas. Em nenhuma de suas recentes aparições Fidel comentou assuntos de política interna. Ele também ainda não tinha sido visto junto a Raúl desde que voltou à vida pública.

    Leia tudo sobre: fidel castrodiscursoassembleia nacional

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG