O líder cubano Fidel Castro reapareceu nesta terça-feira, muito magro mas animado, em um vídeo ao lado do presidente venezuelano, Hugo Chávez, na primeira imagem do Comandante divulgada em cinco meses.

Vestido de agasalho esportivo com as cores de Cuba, Fidel Castro apareceu sentado e de pé, conversando em um jardim com Chávez, seu irmão e atual líder cubano, Raúl Castro, e com o secretário Carlos Valenciaga.

No vídeo, de três minutos, não é possível escutar a voz de Fidel, mas o líder cubano, de 81 anos, gesticula animadamente.

"Até a vitória, sempre", diz Chávez ao se despedir de Fidel, após uma informal saudação militar, que o "Comandante" responde com palmadas nos ombros do venezuelano.

Durante o encontro, os líderes conversaram "sobre o impacto da crise dos preços dos alimentos e como nossos países devem enfrentá-la, destacando o tema como um assunto estratégico e um problema de segurança nacional", informa a TV cubana.

"Concordaram que a batalha fundamental é aumentar a produção agrícola e identificaram como o caminho a promoção de projetos conjuntos nesta área".

Fidel, que renunciou à reeleição presidencial em fevereiro, não é visto em público desde que ficou doente, há quase dois anos.

As últimas imagens de vídeo de Castro remontavam a 16 de janeiro, quando recebeu Luiz Inácio Lula da Silva.

Na segunda-feira, ao chegar a Havana, Chávez garantiu que Fidel "está vivaz e ativo, pensando, escrevendo e ditando linhas estratégicas muito importantes para Cuba e para nossa América", enquanto "Raúl mantém as rédeas nas mãos".

"Esta revolução segue em frente batendo os tambores" e "está mais viva do que nunca", disse Chávez, ao convocar cubanos e venezuelanos para preparar as comemorações dos 50 anos da revolução cubana (em 1º de janeiro) e os "dez da revolução bolivariana".

Leia mai sobre: Fidel Castro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.