Fidel Castro e Hugo Chávez expressam apoio a Evo Morales

O líder cubano Fidel Castro anunciou neste sábado que ligou para o presidente boliviano, Evo Morales, para lhe expressar, junto com o dirigente venezuelano Hugo Chávez, em visita em Havana, seu apoio na greve da fome que iniciou na quinta-feira.

AFP |

Em coluna publicada neste sábado sob o título "Notícias de Chávez e Evo", o ex-presidente Fidel, que conversou por quase três horas com seu amigo Chávez na sexta-feira, explicou que eles falaram da situação na Bolívia, e disse ter ligado em seguida ao presidente da Bolívia.

Fidel relatou ter "explicado em detalhes" a Chávez a situação de Morales, insistindo no "excelente estado" do chefe de Estado boliviano e em sua determinação em seguir adiante com a greve da fome "até as últimas consequências".

O líder cubano telefonou em seguida a Morales para lhe expressar sua "total solidariedade", assim como a de Chávez.

"Tive o prazer de escutar sua voz serena, mas firme, segura da justeza de sua causa. Disse a ele que estamos felizes com seu excelente estado de saúde, e lhe felicitei por sua firmeza e por suas palavras serenas e eloquentes, que não insultam nem ofendem ninguém", acrescentou Fidel Castro.

Evo Morales iniciou quinta-feira uma greve da fome para pressionar os parlamentares relutantes em aprovar a lei eleitoral apresentada por seu partido.

mis/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG