Fida destinará US$ 200 milhões a agricultores frente a aumento dos preços

Roma, 30 abr (EFE).- O Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida) anunciou hoje que destinará US$ 200 milhões para aumentar a produção agrícola na próxima temporada, a fim de ajudar os agricultores a superar a crise do aumento dos preços dos alimentos.

EFE |

Em uma nota, o presidente do Fida, Lennart Bage, disse hoje que estes US$ 200 milhões procedentes dos fundos do organismo servirão "para fazer frente às necessidades imediatas dos agricultores rurais pobres".

"Os preços disparados da energia e dos adubos colocam em risco a capacidade dos 450 milhões de pequenos agricultores do mundo para enfrentar esta situação", afirmou Bage.

Bage disse que os agricultores pobres não obtêm benefícios do aumento dos preços dos alimentos, "porque não podem pagar os adubos ou as sementes que necessitam para plantar os cultivos da próxima colheita".

Além disso, chamou a atenção sobre a importância dos agricultores do meio rural "para qualquer solução à atual crise alimentícia mundial e aos problemas a longo prazo da fome e da pobreza".

O presidente do Fida advertiu a comunidade internacional que, sem "um esforço global e coordenado", milhões de pessoas cairão na miséria.

O Fida indicou a necessidade de criar um plano para enfrentar a crise em três fases.

Em primeiro lugar, é preciso fornecer imediatamente alimentos aos que estão passando fome; em segundo, apoiar a curto prazo os pequenos agricultores para plantar os cultivos da próxima temporada; e por último, realizar investimentos a mais longo prazo na agricultura e segurança alimentar. EFE ccg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG