Fiat confirma interesse na compra da Opel

A montadora italiana Fiat confirmou pela primeira vez que tem interesse na compra da subsidiária da General Motors (GM) na Alemanha, Opel. O presidente da Fiat, Luca Cordero di Montezemolo, disse em entrevista publicada na edição deste domingo do jornal italiano Corriere della Sera que a Opel seria um parceiro ideal e sua possível aquisição é uma oportunidade extraordinária.

BBC Brasil |

A Fiat já está em vias de comprar a Chrysler, que entrou com pedido de concordata nos Estados Unidos.

A GM enfrenta possível falência nos Estados Unidos e tem até 1 de junho para realizar um processo de reestruturação acertado com o governo americano.

A Opel disse que precisa de 3,3 bilhões de euros (o equivalente a cerca de US$ 4,3 bilhões) para enfrentar a crise econômica. O governo alemão afirmou que não vai dar recursos à empresa mas apoiará um investidor que assuma este compromisso.

A Fiat, contudo, não está sozinha em seu interesse pela Opel. O grupo canadense Magna International, que fabricante de autopeças, também manifestou interesse na compra da subsidiária da GM.

Assim como as rivais Ford e Chrysler, a GM sofreu uma queda acentuada nas vendas de carros no mercado doméstico nos últimos anos e viu sua situação agravada pela crise econômica global.

    Leia tudo sobre: fiat

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG