Festival de Cannes pede libertação de Ingrid Betancourt

Cannes (França), 14 mai (EFE) - Pelo terceiro ano seguido, o Festival de Cannes se somou aos apelos internacionais que pedem a libertação da ex-candidata presidencial colombiana Ingrid Betancourt, seqüestrada na Colômbia há seis anos.

EFE |

Do lado de fora da fachada principal do Palácio dos Festivais foi colocada uma fotografia grande com a frase: "Ingrid Betancourt.

Seqüestrada em 23 de fevereiro de 2002 na Colômbia".

A decisão de colocar o retrato foi do presidente do Festival de Cannes, Gilles Jacob, confirmaram à Agência Efe fontes do serviço de imprensa da mostra cinematográfica.

As fontes acrescentaram que a intenção é continuar apoiando o movimento internacional pela libertação de Betancourt.

Com 46 anos e nacionalidade franco-colombiana, Betancourt foi seqüestrada pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) com sua colega de chapa e candidata à Vice-Presidência, Clara Rojas, em 23 de fevereiro de 2002 quando ambas viajavam pela região selvática do Caquetá, no sudoeste colombiano. EFE agf/db

    Leia tudo sobre: farc

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG