Ferry afunda na Indonésia com 260 pessoas a bordo

Um ferry naufragou na madrugada deste domingo na Indonésia, com mais de 260 pessoas a bordo, e as autoridades estimam que dezenas morreram no acidente.

AFP |

O ferry afundou em meio a uma forte tempestade, com 250 passageiros e 17 tripulantes a bordo, revelou o capitão do barco, que foi resgatado por pescadores.

Segundo o ministro dos Transportes, Jusman Syafii Djamal, "cem pessoas estão desaparecidas e 150 já foram encontradas, mas não está claro quantas estão com vida e quantas morreram. Ao que parece, todos os localizados estão sãos e salvos".

Já o diretor do departamento de Transporte Marítimo, general Sunaryo, disse que apenas 18 pessoas foram resgatadas com vida, por pescadores.

"Foram enviadas equipes de resgate da polícia e da Marinha, mas o mau tempo e as fortes ondas, provocadas por um ciclone, dificultam os trabalhos de busca", destacou Sunaryo.

Participam das operações de busca lanchas da Marinha, que permanecerão no mar durante toda a noite, apesar do mau tempo.

O ferry estava a 50 km de Majene, no oeste da ilha de Sulawesi, quando as autoridades perderam contato com o barco, às 02H00 local (16H00 Brasília de sábado), revelou um responsável da segurança marítima indonésia.

Segundo a agência de notícias estatal Antara, o naufrágio ocorreu às 04H00 (18H00), em um mar muito ruim.

O ferry fazia o trajeto entre Pare Pare, em Sulawesi, e Samarinda, na província de Kalimantan do Leste, na ilha de Bornéu.

Um sobrevivente disse ao canal de televisão TVOne que ondas de quatro metros atingiram o barco antes do naufrágio. "Estava com minha mulher e meu filho (...) Não sei onde estão".

Segundo o canal, havia apenas três botes salva-vidas a bordo do ferry, mas a informação não foi confirmada pelas autoridades.

A região do naufrágio é varrida há vários dias por violentas tormentas, que têm provocado inundações em terra.

Os ferrys são um meio de transporte essencial na Indonésia, um enorme arquipélago, com mais de 17 mil ilhas e ilhotes, onde vivem cerca de 234 milhões de pessoas e os naufrágios são frequentes.

Em dezembro de 2006, mais de 500 pessoas morreram quando um ferry naufragou durante uma tempestade na costa de Java.

Em maio de 2008, um incêndio destruiu um ferry que navegava por um rio de Bornéu, mas os 800 passageiros a bordo sobreviveram.

prm/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG