Fernando de Noronha recebe exército de jornalistas após acidente

O pequeno aeroporto do arquipélago de Fernando de Noronha, a 350 quilômetros da costa nordeste brasileira, base das operações de busca do avião da Air France que desapereceu na segunda-feira, recebeu nesta quarta-feira um verdadeiro exército de jornalistas.

AFP |

Além de receber um número descomunal de voos para seu tamanho, principalmente com a quantidade de voos da Força Aérea Brasileira (FAB) que decolam para ajudar nas buscas, o paradisíaco arquipélago turístico se viu invadido por jornalistas de todo o mundo, que tentam seguir de perto as operações.

O movimento de aeronaves da FAB foi constante durante todo o dia, mesmo durante a noite.

"Estamos saindo mais uma vez em busca dos restos do avião; saímos, realizamos a ronda e voltamos para reabastecer. Nossa aeronave é boa, mas as condições da área não são as melhores", disse à AFP um membro da FAB, tripulante do R99, que pediu o anonimato.

O R99 é a ferramenta mais importante da FAB neste momento, já que conta com um sistema especial de radar, sensores infravermelhos e scaners para captar imagens em alta definição. Foi esta aeronave que, na terça-feira, localizou os primeiros destroços do Airbus A330 da Air France que ia do Rio a Paris.

Enquanto a tripulação esperava para decolar novamente, o aeroporto continuava a receber aviões comerciais repletos de jornalistas e alguns turistas.

Repórteres da imprensa alemã, norueguesa, brasileira, francesa e de outras partes do mundo chegavam sem cessar ao minúsculo terminal.

Até um avião particular de um canal de televisão francês chegou para acompanhar o mais de perto possível os detalhes da tragédia.

"Isso está parecendo um aeroporto internacional, com tanta gente chegando", comentou um taxista local.

Uma base para receber os destroços do avião recolhidos em alto mar, que serão transportados para Fernando de Noronha, já está sendo montada.

llu/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG