Feinstein apóia nomeação de Panetta à CIA após expressar dúvidas

Washington, 7 jan (EFE).- A próxima presidente da Comissão de Inteligência do Senado, Dianne Feinstein, disse hoje que respaldará a nomeação de Leon Panetta como diretor da CIA (agência de inteligência americana), após expressar dúvidas na segunda-feira sobre sua experiência para assumir o cargo.

EFE |

Fontes próximas ao presidente eleito dos EUA, Barack Obama, anteciparam que o democrata pretende indicar o ex-chefe de gabinete na Presidência de Bill Clinton para a CIA, embora a nomeação ainda não seja oficial.

Panetta, um ex-congressista com vasta experiência nos corredores do poder da capital, não possui um currículo vasto na espionagem, o que fez com que sua escolha recebesse uma fria recepção na comunidade da inteligência, assim como entre influentes legisladores democratas.

Entre eles se encontra Feinstein, que liderará o comitê do Senado que acolherá as audiências de confirmação de Panetta e que na segunda-feira disse que a CIA "estaria mais bem servida com um profissional da espionagem à frente".

No entanto, a senadora pela Califórnia assegurou hoje que planeja respaldar o ex-alto funcionário, e explicou que reconsiderou sua postura após conversar na noite passada com Panetta por 20 minutos.

EFE tb/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG