Fed lucrou US$ 14 bilhões com crise financeira, diz Financial Times

O Federal Reserve (banco central dos Estados Unidos, Fed) teve um lucro de US$ 14 bilhões com empréstimos para instituições financeiras desde o início da crise financeira, há dois anos, de acordo com a edição desta segunda-feira do jornal britânico Financial Times (FT). O jornal diz que teve acesso a documentos do Fed que fazem a estimativa de lucro calculada pela diferença entre os juros dos empréstimos e os juros que o Fed teria obtido se tivesse investido os mesmos recursos em papéis do Tesouro americano para três meses.

BBC Brasil |

Segundo o FT, o Fed ganhou cerca de US$ 19 bilhões ao cobrar juros e taxas de instituições financeiras e investidores que buscaram s empréstimos para conseguir fundos durante a crise. Os juros que o Fed teria ganhado ao investir nos papéis do Tesouro são estimados em US$ 5 bilhões.

O cálculo não passou por auditoria nem foi publicado e só envolve empréstimos com fins de liquidez.

Assim, não foram computados recursos oferecidos à seguradora AIG e ao programa de compra de ativos de risco lastreados em hipotecas, disse o FT. Estes ainda representam um risco de perdas substanciais.

Alguns políticos criticaram o Fed por usar bilhões de dólares de recursos públicos para ajudar o mercado e grupos em dificuldades como o AIG e o banco Bear Stearns, lembra o jornal britânico.

Leia mais sobre: Federal Reserve

    Leia tudo sobre: crise financeiracrise globalcrise nos euafedjurojuroslucro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG