Fechamento dos colégios eleitorais no Irã é adiado em duas horas

Teerã, 25 abr (EFE).- O Ministério do Interior iraniano decidiu adiar por duas horas o fechamento dos colégios eleitorais no segundo turno das eleições gerais, realizado hoje, informou a televisão estatal.

EFE |

Assim, os centros eleitorais fecharão as portas às 20h (12h30 de Brasília), em vez das 18h, como estava previsto.

Segundo declarações do ministro do Interior iraniano, Mustafa Pourmohammadi, à agência nacional de notícias "Irna", este adiamento ocorre porque "o povo mostrou que não tem muito interesse em ir às urnas durante as primeiras horas do dia".

Estas palavras contrastam com as de vários líderes, que elogiavam o alto índice de participação do segundo turno, que busca eleger os candidatos para ocupar as 82 das 290 cadeiras do Parlamento que ficaram vazias na votação anterior, em 14 de março.

Pourmohammadi propôs também que, "no futuro, as eleições comecem duas horas mais tarde, já que as jornadas eleitorais longas cansam os observadores e lhes tira rendimento para a apuração dos votos".

O ministro iraniano, que será substituído após as eleições, segundo a imprensa nacional, ressaltou que não houve grandes incidentes nos colégios.

Além disso, o ministro adiantou que os resultados das eleições devem ser anunciados amanhã. EFE ash/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG