Bruxelas, 22 jan (EFE).- A União Europeia (UE) disse hoje que o fechamento de Guantánamo fortalecerá a cooperação na luta antiterrorista, baseada no respeito ao direito internacional e aos direitos humanos.

Em comunicado, a Presidência tcheca de turno expressou sua satisfação com a ordem assinada hoje pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, de fechar o centro de detenção.

"Acreditamos que esta decisão tem um grande valor simbólico e um significado prático, e poderia facilitar o fortalecimento da cooperação contra o terrorismo e a favor da segurança baseada no respeito ao direito internacional e aos direitos humanos", assegurou a UE.

Obama assinou hoje uma série de ordens executivas para o fechamento da prisão de Guantánamo no prazo de um ano e a revisão dos procedimentos de detenção e de interrogatórios. EFE met/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.