Febre Obama toma as ruas de Acra

Camisas de Obama, gorros de Obama, fotos de Obama: os ganenses de Acra celebram nas ruas da capital a visita, que começa nesta sexta-feira à noite, do primeiro presidente negro dos Estados Unidos, em sua primeira viagem à África como chefe de Estado.

AFP |

Quase 10.000 policiais foram mobilizados para garantir a segurança do casal presidencial americano, Barack e Michelle Obama, na capital, mas o esquema de segurança não reduz o entusiasmo dos moradores de Acra.

Muitos cantam uma música composta em homenagem a Barack Obama por um célebre locutor de rádio, Black Rasta.

Rasta fez a canção durante a campanha eleitoral americana de 2008, sem pensar que a mesma voltaria a se tornar um sucesso um ano depois, para a visita de Obama, que para muitos encarna o sonho afroamericano.

Em Makorla, o grande mercado de Acra, e Osu, o bairro de negócios do centro da cidade, tudo que se possa imaginar com a foto de Obama é vendido: chaveiros, copos, etc.

Mas na temporada de tempestades, o grande sucesso é um guarda-chuva com os rostos sorridentes impressos de Obama e de seu anfitrião, o presidente de Gana John Atta-Mills, que assumiu o poder em janeiro, poucos dias depois da posse do americano.

A polícia já fechou o trânsito nas principais avenidas da capital, como a que leva ao aeroporto Kotoka, onde o Air Force One pousará à noite.

Durante a visita de 24 horas a Gana, Obama se reunirá com Atta-Mills e fará um discurso no Parlamento.

Com a esposa Michelle, descendente de escravos, viajará de helicóptero ao Forte Cape Coast, 160 km ao oeste da capital, um local histórico, muito importante no período do tráfico negreiro para a Europa.

str-sn-jlh/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG