FBI liberta 48 adolescentes da prostituição nos EUA

O FBI, a polícia federal dos Estados Unidos, anunciou nesta segunda-feira que resgatou 48 adolescentes da prostituição infantil, algumas com apenas 13 anos de idade, em uma operação nacional contra o tráfico humano. Mais de 570 suspeitos foram presos na operação nacional que durou três noites e envolveu também as forças policiais estaduais e locais.

BBC Brasil |

O FBI liderou operações em 29 cidades, do Estado do Alasca à Flórida. Segundo a organização, a maioria dos 48 adolescentes resgatados é formada por meninas, muitas das quais não contam com o apoio de amigos ou familiares e fugiram de casa.

Autoridades policiais americanas afirmam que a prostituição infantil é um problema crescente no país, apesar de a maioria dos americanos pensar que o problema se restringe ao sudeste da Ásia, à América Central ou à Europa Oriental.

De acordo com os policiais, as adolescentes geralmente são controladas por gangues organizadas que mudam as meninas de uma cidade para outra e vendem seus serviços pela internet.

As idades das prostitutas adolescentes resgatadas na chamada Operação Cross Country 3 variam de 13 a 17 anos.

O FBI informou que 571 suspeitos de tráfico de crianças para prostituição foram presos.

As autoridades informaram que uma adolescente de 16 anos que recruta as meninas como prostitutas é uma das prioridades das listas de procurados.

A agente especial Melissa Morrow, do FBI de Washington, afirmou que prostitutas adultas que estavam entre as pessoas detidas deram informações às autoridades a respeito dessa adolescente.

"Continuamos perseguindo aqueles que exploram as crianças de nosso país", disse o diretor do FBI, Robert Mueller.

"Não podemos devolver a inocência a elas, mas podemos retirá-las deste ciclo de abuso e violência."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG