Nova York, 14 set (EFE).- O FBI (polícia federal americana) fez hoje uma batida antiterrorista em várias casas em Nova York e descobriu um pequeno grupo com uma ideologia similar à da Al Qaeda, informou o New York Times em seu site.

"O FBI participou esta manhã de uma operação em que foram feitas várias revistas no bairro do Queens relacionadas com uma investigação que segue aberta", assegurou ao jornal nova-iorquino James Margolin, porta-voz do escritório da polícia federal em Nova York.

O diário afirmou que, apesar de o FBI não confirmar que se trata de uma batida antiterrorista, as autoridades iniciaram a operação ontem após detectar "um pequeno grupo de pessoas que expunham uma ideologia militante similar à da organização terrorista Al Qaeda".

"Suas atividades foram suficientemente suspeitas para conseguir ordens de revista e de detenção", conta o diário, que informa, no entanto, que as forças de segurança não tinham descoberto nenhum plano de ataque terrorista contra um alvo concreto na cidade.

Apesar disso, o FBI decidiu atuar, segundo o jornal, ao pensar que os supostos terroristas tinham conseguido burlar as medidas secretas de vigilância e preparar, assim, algum plano para realizar um atentado na cidade.

O FBI informou a um grupo de líderes do Congresso das batidas antiterroristas, como ao senador democrata de Nova York, Charles Schumer.

"Não houve nada iminente. Os agentes melhoraram o rastreamento de ações com potencial de perigo" e as batidas foram uma medida "preventiva", explicou Schumer.

O senador contou ainda que as batidas não estiveram relacionadas com a visita feita hoje pelo presidente Barack Obama a Nova York.

EFE dvg/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.