Fatah adia a outubro eleição de seus representantes em Gaza

Gaza, 3 ago (EFE).- Os líderes do Fatah decidiram hoje adiar para outubro a escolha de seus representantes na Faixa de Gaza, após o Hamas proibir Hamas que membros do primeiro grupo saíssem do território para assistir à Conferência da Assembleia Geral do movimento nacionalista, que começa amanhã, em Belém.

EFE |

"Decidimos seguir com a Conferência Geral sem os membros do Fatah em Gaza e agregá-los ao Comitê Central e ao Conselho Revolucionário dentro de dois meses", disse à imprensa Ibrahim Abu al-Naya, um dos líderes na Faixa de Gaza da formação nacionalista.

O Hamas se nega a deixar sair de Gaza - território que controla - os mais de 400 residentes convidados como delegados à conferência na cidade cisjordaniana de Belém.

Para levantar o boicote ao evento, o Hamas exige a libertação de cerca de mil detidos do grupo nas prisões na Cisjordânia da Autoridade Nacional Palestina (ANP), presidida pelo líder do Fatah, Mahmoud Abbas.

A Turquia e vários países árabes tentaram mediar, sem sucesso, para que Fatah realizasse por completo sua conferência, a primeira em vários anos e nos territórios palestinos.

O movimento islâmico instalou controles nos acessos à passagem fronteiriça com Israel, no norte de Gaza, mas pelo menos 25 membros do Fatah conseguiram burlar a vigilância e chegar à Cisjordânia, segundo dados do próprio Ministério do Interior do Governo do Hamas em Gaza.

Um deles foi Naya, que retornou a Gaza "em solidariedade aos colegas" que não poderão ir ao evento, que deve contar com mais de 2 mil pessoas.

Naya acrescentou que o Fatah estuda "várias sugestões" sobre como reagir ao boicote islâmico, mas disse que nenhuma "afetaria o calendário do Congresso".

Este novo episódio faz parte de uma série de enfrentamentos entre os dois movimentos rivais, cuja divisão se aprofundou em junho de 2007, quando o grupo islâmico assumiu o controle de Gaza à força, após enfrentar as forças leais a Abbas. EFE sar-ap/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG