Fãs do RBD protestam no México contra separação da banda

México, 23 ago (EFE) - Cerca de 70 fãs do grupo mexicano RBD se concentraram hoje em frente às instalações da gravadora EMI e da rede de televisão Televisa na Cidade do México para protestar contra a separação da banda.

EFE |

Na porta da EMI, que edita os discos do grupo através de uma aliança com a "Televisa", cerca de 50 jovens de vários fãs-clubes gritavam palavras de protesto contra a separação dos ídolos.

Mais tarde, desdobraram um cartaz no chão, em frente à entrada e, com tinta branca, estamparam suas marcas junto aos rostos dos seis artistas que adoram: Christian, Dulce María, Anahí, Maite, 'Poncho' e Christopher.

A notícia da separação da banda foi divulgada na semana passada e foi cercada por uma polêmica causada pelas declarações de vários membros do grupo, como Anahí, que demonstraram não desejar pôr fim ao projeto.

O responsável pela separação "foi Pedro Damián", o produtor que administra a banda, disse à Agência Efe uma admiradora indignada diante da "Televisa", onde se concentraram cerca de 20 jovens, a maioria meninas.

Os admiradores atribuem a decisão de acabar com o RBD aos desejos de Pedro Damián de promover a Nueva Banda Timbiriche.

Este grupo, formado por jovens escolhidos em um reality show da "Televisa", pretende ser o substituto do Timbiriche, a formação que pôs todo o México para dançar nos anos 80 e na qual figuravam Paulina Rubio e Thalía, entre outros.

Já o RBD foi formado em 2004 por causa da telenovela "Rebelde", da "Televisa", e vendeu desde então mais de dez milhões de discos no mundo todo, criando um fenômeno musical.

A banda gravará mais um disco e completará sua agenda prevista de shows, o que garante sua existência até o início de 2009. EFE jrp/ab/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG