Fãs de música clássica são parecidos com fãs do heavy metal, diz pesquisa

Os fãs de música clássica e os fãs do heavy metal têm muito mais coisas em comum do que poderíamos imaginar, revelou um estudo britânico publicado nesta sexta-feira e que estabelece uma relação entre gosto musical e personalidade.

AFP |

Assim como os fãs da música clássica, os fãs do metal são criativos, constatou o estudo, realizado nos três últimos anos por Adrian North, professor de psicologia da Universidade Heriot-Watt de Edimburgo.

Os admiradores do heavy metal compartilham "um amor pela magnificência", que os predispõe a apreciar da mesma maneira algumas obras de música clássica.

"Fora a diferença de idade, são fundamentalmente o mesmo tipo de pessoa", disse o professor North. "Muitos seguidores do heavy metal dirão que também gostam de Wagner porque ele é grandioso, barulhento e exuberante".

Além disso, o estudo demonstrou que ao contrário do que se pensa, os fãs do heavy metal têm um temperamento agradável, não são os mais veemente no trabalho e têm pouco confiança em si mesmos. Já os admiradores da música clássica têm uma boa opinião de si mesmo, de acordo com este estudo.

"O público sempre taxou os fãs do heavy metal como deprimidos e suicidas, como um risco para a sociedade e para eles mesmos. Entretanto, são pessoas muito delicadas", ressaltou Adrian North.

Segundo o estudo, os fãs do country são trabalhadores, os fãs do rap são sociáveis, e os do jazz têm espírito de inovação e grande auto-estima.

"Nós sempre havíamos suspeitado da relação entre os gostos musicais e a personalidade", disse North. "Esta é a primeira vez que somos capazes de observar esta tese em detalhe. Ninguém nunca havia realizado um estudo desta ordem".

Mais de 36.000 pessoas em todo o mundo foram entrevistadas para este estudo, falando sobre 104 estilos musicais e responderam a perguntas sobre sua personalidade.

cyb/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG