Bogotá, 28 jul (EFE).- As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) negaram hoje terem contribuído com a campanha do hoje presidente equatoriano, Rafael Correa, e qualificaram como uma alta traição à pátria que o Governo colombiano permitam que os Estados Unidos usem suas bases militares.

EFE rrm/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.