Bogotá, 20 mai (EFE).- As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia dinamitaram hoje duas torres de transmissão de energia em Arauca (leste), deixando sem luz os usuários de três centros urbanos e a zona petrolífera deste departamento (estado), informaram porta-vozes regionais.

As explosões aconteceram em Caño Verde, aldeia rural de Arauquita, cidade que ficou às escuras, assim como a capital regional, Arauca, a localidade de Cravo Norte e Cano Limón, onde empresas exploram petróleo.

A Empresa de Energia de Arauca informou que cerca de 100 mil pessoas foram prejudicadas pelo corte no fornecimento de energia.

Segundo um correspondente da "Rádio Caracol" em Arauca, a companhia negocia com a Venezuela uma transmissão emergencial para a capital, que fica na fronteira.

O atentado foi atribuído às Farc pelas autoridades militares da região. EFE jgh/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.