Farc ativou bomba que feriu 6 civis em Cali, diz prefeito

Bogotá, 2 jun (EFE).- A bomba que na segunda-feira à noite deixou seis civis feridos em um setor residencial de Cali foi ativada pela guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), disse hoje o prefeito dessa cidade, Jorge Ivan Ospina.

EFE |

O funcionário observou que o "modus operandi" da ação terrorista leva à conclusão de que o atentado foi cometido pelas Farc.

A bomba foi lançada de um carro em movimento perto das instalações de um batalhão do Exército em Cali, que é a capital departamental de Valle del Cauca, e causou danos nos vidros de vários edifícios, além de ter deixado seis civis feridos.

Ospina disse, em entrevista telefônica à rede "Caracol Radio" de Bogotá, que o atentado de ontem à noite é mais um de recentes ações que mostram "o deslocamento de recursos da guerrilha das Farc às cidades".

É "um tipo de atentado que, embora não tenha gerado mortes ou grandes danos, perturba o desenvolvimento integral da cidade de Cali", afirmou o prefeito.

O funcionário lembrou que, no último mês, as autoridades de Cali encontraram e desativaram três cargas explosivas. EFE jgh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG