Farc atacam sedes de partidos governistas na Colômbia

Bogotá, 23 fev (EFE).- As sedes de três candidatos do partido governista do U para as eleições legislativas de 14 de março foram atacadas com explosivos na cidade de Cali, aparentemente por supostos milicianos das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

O comandante da Polícia Metropolitana de Cali, general Miguel Ángel Bojacá, assinalou a jornalistas que os três explosivos de médio poder explodiram nas sedes dos candidatos ao Congresso Tyrone Carvajal, Élmer Arenas e Dilian Francisca Toro.

"Estamos diante de um episódio que nos coloca em alerta, é um ato de intimidação e sistemático contra o Partido do U", da coalizão do presidente colombiano, Álvaro Uribe, disse o oficial.

Bojacá detalhou que a sede do representante à Câmara (baixa) Tyrone Carvajal foi a mais afetada.

O general Bojacá acrescentou que aparentemente os atentados foram de responsabilidade de supostos milicianos das Farc.

Os ataques contra as sedes das campanhas políticas do Partido do U em Cali ocorreram por volta da meia-noite, horas depois de o Governo divulgar um dispositivo de segurança das forças de segurança para as eleições legislativas.

Na segunda-feira, o ministro colombiano de Defesa, Gabriel Silva, apresentou o "Plano Democracia" para as eleições de 14 de março e para o qual se alocaram 233 mil homens e um orçamento de US$ 35,9 milhões. EFE fer/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG