FAO pede explicações a China sobre melamina em alimentos

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) pediu explicações a China sobre eventuais traços de melamina na cadeia alimentar.

AFP |

A recente descoberta da substância química em Hong Kong em ovos procedentes da China provocou o temor de que a melamina esteja presente em alimentos como carne ou pescado, afirmou Zhang Zhongjun, diretor da FAO em Pequim.

De acordo com Zhongjun, o ministério chinês da Agricultura abriu uma investigação para determinar se melamina foi adicionada aos alimentos para animais, o que explicaria sua presença na cadeia alimentar.

"Não conhecemos os detalhes da investigação. Queremos que nos comuniquem imediatamente os resultados", disse.

"Se for confirmado que os alimentos estão contaminados, então a possibilidade existe", acrescentou.

Segundo Zhang, alguns produtores podem ter pensado da mesma maneira como aqueles que adicionaram melamina ao leite, para dar a aparência de um maior teor de proteínas.

Quatro bebês morreram na China depois do consumo de leite adulterado com melamina e mais de 50.000 crianças foram infectadas e tiveram provlemas renais.

A rede de supermercados americanas Wal-Mart retirou das prateleiras na China, por precaução, os ovos da marca Hanwei, uma das principais do país.

No fim de semana, as autoridades de Hong Kong anunciaram a descoberta de ovos adulterados com melamina desta marca.

sai-frb/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG